O Profeta da Misericórdia Site

Liga do Mundo Islâmico - Organização Mundial para Apresentar e Apoiar o Mensageiro de Deus

mohammad

Se o Islam estabeleceu o cuidado total aos deficientes e o suprimento

de suas necessidades, estabeleceu, também, a prioridade desse grupo

de usufruir de todos esses direitos. O suprir as suas necessidades

é antes do suprimento das necessidades dos sمos, o seu cuidado

é antes do cuidado aos capazes. Num incidente conhecido, que o

Profeta Mohammad (Deus o abençoe e lhe dê paz) franziu o cenho

no rosto de um cego, o companheiro, Abdullah Ibn Ummu Maktum,

que foi perguntar-lhe a respeito de questُes da religiمo. Entمo, o

Profeta (Deus o abençoe e lhe dê paz) estava sentado com pessoas

importantes e nobres, tentando ganhل-los para o Islam. Apesar de

740

 

 

Ver Ibn Ajauzi, Biografia de Ômar Ibn Abdel Aziz, 130.

741

 

Ibn Kacir, Albidaya wan Nihaya, 9/186. Tarikh Attabari 5/265.

o cego nمo ver nem perceber o seu franzir de cenho, porém Deus,

Abençoado e Exaltado seja, censurou o Seu Profeta por fazê-lo,

dizendo: “(O Profeta) tornou-se austero e voltou as costas, quando

o cego foi ter com ele. E quem te assegura que nمo poderia vir a ser

agraciado, ou receber (admoestaçمo) e, a liçمo lhe seria proveitosa?

Quanto ao que se tem como auto-suficiente, tu o atendes. Nمo tens

culpa se ele nمo cresceu (em conhecimentos espirituais). Porém,

quem acorreu a ti, e é temente, tu o negligenciaste! Nمo! Em verdade,

(o Alcorمo) é uma mensagem de advertência. quem quiser, pois, que

guarde na lembrança.” (80:1-12).

O pesquisador inglês, Leitner, comentado o caso, disse:

“Uma vez Deus revelou ao Profeta (Deus o abençoe e lhe dê paz)

censurando-o porque virou o rosto para um homem pobre e cego

para conversar com um rico e importante. Ele divulgou aquela

revelaçمo. Se o Profeta fosse como alguns tolos cristمos dizem, nمo

existiria aquela revelaçمo.”

 

 

742

O Profeta (Deus o abençoe e lhe dê paz) recebia aquele cego, com

muito sorriso, abrindo-lhe o lugar para sentar, dizendo: “Bem-vindo o

homem por quem meu Senhor me censurou!”

 

743

Nesse incidente vemos a censura por ter-se ocupado com a

convocaçمo dos nobres e nمo atender a necessidade do cego. A

742 Leitner, “A Religião do Islam, pags. 12-13.

743

 

Tafsir Al Qurtubi, 9/184. Baidhawi, 451.

 

 

 

prioridade era atendê-lo e lhe dar preferência ao atendimento das

outras pessoas.

Nesse incidente hل um indيcio legal da prioridade do atendimento

 

aos deficientes.